12 de mai de 2013

Lista da Semana: As melhores mães da TV (Só que não)

Posted by Natália Lins On 18:56 0 comentários










Sem sombra de dúvida o Dia das Mães é uma data muito especial, em que se comemora ao lado da pessoa mais importante da sua vida. Pena que nem todos podem dizer o mesmo. Alguns trocariam o nome dessa data para O Dia das Bruxas! Confira a lista com as figuras mais perversas ou não tão legais do universo da telinha: 



Gillian Darmody - Boardwalk Empire 
Garota de programa desde muito nova, foi mãe muito cedo e sempre tentou controlar a vida do filho Jimmy. A relação entre Gillian e Jimmy vai muito além de uma ligação normal entre mãe e filho. Uma relação dominada pelo poder, atração e domínio que um tem sobre o outro, o que transforma Gillian num ser humano desprezível. 





Ellis Grey - Grey’s Anatomy 
Como cirurgiã Ellis se destaca, porém como mãe ela ficou a desejar. Ela não só negligenciou a filha por conta do trabalho, como traiu o pai da menina e ainda tentou cometer o suicídio na frente dela. Não é para menos que a Meredith é tão chata e disfuncional. 









Vitoria Grayson - Revenge 
A matriarca da família Grayson é capaz de qualquer coisa pelo bem de seus filhos Daniel e Charlotte. Já matou e até se aliou aos seus inimigos várias vezes. Interfere na vida pessoal deles e não tem limites para obrigá-los a fazer aquilo que ela acha melhor. 







Livia Soprano – The Sopranos 
Incapaz de ser feliz, a matriarca da família Soprano tem como seu maior prazer fazer a vida dos filhos um verdadeiro inferno. Sua principal carta é se fazer de vítima quando se sente acuada. Quando descobre que seu filho pretende colocá-la em uma casa de repouso, se alia ao cunhado para matá-lo. Isso mesmo, ela queria matar o próprio filho. 








Dra. Beverly Hofstadter - The Big Bang Theory 
A neuropsiquiatra é uma versão feminina de Sheldon para desespero de seu filho Leonard. Não possui o menor tato para convenções sociais, o que lhe interessa é o estudo dos filhos e anseia que eles sejam os melhores no que fazem. Muito rigorosa e nada afetuosa, deixa até de fazer algo tão simples como um abraço em seu filho. 





Cora - Once Upon a Time 
Extremamente autoritária, a megera obriga a filha ter um comportamento que ela não queria ter, armou para ela casar com o Rei e assassinou o seu amado, para que ela não fugisse com ele. Com isso, Regina virou uma pessoa má, uma bruxa, e transformou-se na última coisa que ela poderia querer: na sua própria mãe. 





Julie Cooper Nichol – The OC
Fica fácil compreender as atitudes de Marissa quando analisamos sua mãe. Afinal, não é muito fácil aceitar que a sua mãe teve um affair com seu ex, certo? Sem escrúpulos, ainda tentou dar o golpe do baú casando-se com Caleb e acabou sem dinheiro nenhum, indo morar num trailer na periferia. 










Estelle Costanza – Seinfeld 
A mãe de George passava a maior parte de seu tempo gritando com ele e seu pai Frank, sempre com a desculpa de que eles estavam fazendo algo “estúpido”. Arrogante e desagradável, a Sra. Costanza era a culpada pelo fato de George ser tão neurótico quando o assunto era mulheres. Mesmo assim, ele não conseguia ficar longe dela. 









Evelyn Harper - Two and a Half Men 
Ambiciosa e fútil, Evelyn tem prazer em humilhar os filhos publicamente. Ela já enterrou alguns maridos, inclusive o pai dos irmãos Charlie e Alan, que segundo muitos, morreu por não aguentar a cascavel. No fundo ela até ama sua prole, mas é muito mais divertido maltratá-los. 











Sarah Linden - The Killing 
Sarah até tenta ser uma boa mãe, quer dar uma boa educação para o filho, estar presente na sua vida e ser diferente da sua mãe que a abandonou, mas ela não consegue. Ela leva o filho para suas missões e, muitas vezes não lhe dá abrigo e alimentação necessária. Tão preocupada com a vida profissional que se esquece da pessoal. 

0 comentários:

Postar um comentário