4 de out de 2012

Era uma vez: Contos dos Irmãos Grimm

Posted by Aline Guevara On 21:30 1 comentários

A moda agora é adaptar os contos de fadas. Vale tudo: séries de televisão, filmes, quadrinhos, livros com outras versões (geralmente mais sombrias), ilustrações, fotografias... 

A iniciativa tende a ser bem popular, mas será que você conhece a versão original dos contos que levaram à criação de tantas novas versões? Uma boa obra para conhecer os registros feitos pelos irmãos alemães contadores de histórias é o belíssimo livro Contos dos Irmãos Grimm (315 páginas, Editora Rocco).

Editado e selecionado pela psicanalista junguiana e escritora Dra. Clarissa Pinkola Estés (autora do livro Mulheres que correm com os lobos), o volume é especial por três motivos. Primeiro, é o preciosismo com que os contos são traduzidos do original, preservando os alguns detalhes censurados nas versões modernas (como as meia-irmãs da Gata Borralheira cortando partes dos pés para conseguirem calçar o minúsculo sapatinho!). Segundo, as ilustrações escolhidas para dar o tom do livro são do inglês vitoriano Arthur Rackham (1867 - 1939), que fez um magnífico trabalho ao longo de sua vida retratando cenas de contos fantásticos diversos.

Terceiro, mas não menos importante, o livro leva o prefácio de Estés. Sob o olhar da psicanálise, de seus estudos multiculturais e de sua própria experiência de ouvinte de contos desde a infância, a escritora nos apresenta um belo ensaio intitulado a Terapia dos Contos.

Os irmãos João e Maria encontram a bruxa da casa de doces
Em Terapia dos Contos, Estés discorre sobre a história dos contos de fadas, sua simbologia, sua moral, a intolerância e preconceito veiculados em várias tramas, assim como a brutalidade embutida em algumas delas, a tradição oral e a sobrevivência dos contos ao longo de tantos anos e mudanças na sociedade.

Chapeuzinho Vermelho e o Lobo
"Quer entendamos um conto de fadas cultural, cognitiva ou espiritualmente - ou de outras maneiras, como quero crer -, resta uma certeza: eles sobreviveram à agressão e à opressão políticas, à ascensão e à queda de civilizações, aos massacres de gerações e a vastas migrações por terra e mar. Sobreviveram a argumentos, ampliações e fragmentações. Essas joias multifacetadas têm realmente a dureza de um diamante, e talvez nisso resida o seu maior mistério milagre (...). A essência perene resiste, não importa qual seja a estação: tal é o poder do conto."

O livro conta com 53 contos registrados pelos Grimm, alguns extremamente famosos, como Chapeuzinho Vermelho, Branca de Neve e A Gata Borralheira; outros nem tanto, mas que valem a pena ser conhecidos como Rumplestiltskin, Rosa Branca e Rosa Vermelha, As Três Línguas e A Árvore Narigueira.

E entre contos mais longos e curtíssimos (Chapeuzinho Vermelho tem apenas 3 páginas), somos deleitados com as ilustrações de Rackham. Com um traço marcante e fácil de ser identificado, o artista traz uma aura sombria e medieval à Contos dos Irmãos Grimm. Os detalhes das imagens, cheias de significados e simbologias, assim como as cores intensas utilizadas, são impressionantes. O inglês capturou a essência obscura dos escritos originais e transportou-os para o papel em um período sem a ajuda de nenhum artifício moderno, transmitindo  a partir da qualidade de seus traços a magia dos contos de fadas. 

Branca de Neve sendo socorrida pelos anões

Ilustração do conto O Pássaro de Ouro

A Gata Borralheira sendo recebida no baile real

1 comentários:

Para quem interessar (eu tive tal curiosidade), segue a lista com os títulos dos contos deste magnífico livro, um verdadeiro achado.

"Contos dos Irmãos Grimm"

Escolhidos e prefaciados por Clarissa Pinkola Estés.
Tradução de Lia Wyler. Ilustrações de Arthur Rackham.
Editora Rocco.

Contos do livro:

- Branca de Neve
- O Cravo
- Bela Adormecida
- A Gata Borralheira
- O Lobo e os Sete Cabritos
- O Sapateiro e os Anões
- O Lobo e o Homem
- João Esperto
- As Três Línguas
- Os Quatro Irmãos Habilidosos
- A Raposa e o Cavalo
- O Ganso de Ouro
- Margarida Esperta
- O Rei da Montanha de Ouro
- O Doutor Sabe-Tudo
- O Rapaz que Não Sentia Calafrios
- O Rei Barbicha
- João de Ferro
- Rosa Branca e Rosa Vermelha
- As Viagens do Pequeno Polegar
- O Exímio Caçador
- O Dinheiro das Estrelas
- Um-Olho, Dois-Olhos e Três-Olhos
- A Mesa, o Burro e o Porrete
- O Músico Maravilhoso
- O Alfaiatezinho Ladino
- João Poco-Espinho
- A Árvore Narigueira
- As Três Penas
- Os Três Médicos do Exército
- O Jovem Gigante
- Os Três Filhos da Fortuna
- O Pobre Aprendiz de Moleiro e a Gata
- João e Maria
- João Sortudo
- Os Músicos de Bremen
- O Velho Sultão
- A Palha, o Carvão e o Feijão
- Elza Sabida
- O Pescador e Sua Mulher
- A Carriça e o Urso
- O Príncipe Sapo
- As Aventuras de Chanticler e Peterlote
- Rapunzel
- O Alfaiate Valente
- O Pássaro de Ouro
- A Ratinha, o Pássaro e a Salsicha
- Chapeuzinho Vermelho
- O Noivo Ladrão
- O Pequeno Polegar
- Rumpelstiltskin
- Os Doze Caçadores
- O Campônico

Postar um comentário