8 de fev de 2013

Vs The World: Sin City - A Cidade do Pecado

Posted by Bueno Neto On 00:07 0 comentários



Violência e um clima noir é o que dita as regras do encadernado de Sin City: A Cidade do Pecado, publicado pela Devir Livraria. O volume reúne histórias originalmente publicadas nas edições #51 a #62 da revista Dark Horse Presents. A cidade escura e sombria dá inveja a Gothan City em termos de loucos e corrupção, e é nas depravações e nos crimes que o ódio se instala e parece que apenas os criminosos fazem sua forma deturpada de justiça.


A cidade tem um nome de verdade: é chamada de Basin City, mais frequentemente citada pelo seu apelido: Sin City (BaSin City), é também conhecida pelos seus polícias covardes, preguiçosos e/ou corruptos. E nessa cidade que as mais diferentes histórias são contadas: temos a de Marv, um típico perdedor nato, mas durão e violento, que gasta seu tempo pelas ruas da cidade prestando serviços sujos para várias pessoas, mas que também sofre de um distúrbio mental que o faz ter alucinações e segue um código de honra pessoal que preza pelo pagamento de dívidas e uma espécie de cavalheirismo com as mulheres. É um exemplo do anti-herói noir.

Marv é um brutamontes, sem sombra de dúvida, mas seu código de honra distorcido e um dever por uma paixão de uma noite o leva a uma caçada humana pelas ruas de Basin City, que faz a cidade mostrar sua cara e suas ruas pavimentadas de ódio e corrupção e os becos que acobertam crimes que ninguém quer tomar conhecimento e os olhares de cada um acobertam pecados secretos.


Sexo e violência dão os contornos para essa história adulta, mas ainda assim ainda deixa um clima de super heróis em suas páginas: é fácil ter essa sensação quando mostra o protagonista vencendo dúzias de policiais sozinho ou pulando entre os prédios da cidade, mas isso não é um ponto ruim, é uma mistura de gêneros que dá muito certo.

Sin City foi escrita e desenhada por Frank Miller, que tem em seu currículo verdadeiras obras primas como: Batman: O Cavaleiro das Trevas, Batman: Ano um, Demolidor: O Homem sem Medo e 300 de Esparta.













0 comentários:

Postar um comentário