10 de fev de 2013

Lista da semana: Aberturas icônicas de séries de TV

Posted by Aline Guevara On 22:33 0 comentários



Atualmente, temendo a mudança brusca de canal dos menos pacientes com entradas de seriados, os canais optam por torná-las cada vez mais sucintas. Às vezes, uma chamada do título é o suficiente. Mas algumas aberturas, várias incrivelmente criativas e artísticas ou simplesmente com trilhas que grudam na nossa cabeça, são tão marcantes que não deixam a nossa memória facilmente. Algumas antigas, despertando nostalgia, outras recentes, nos incitando a um novo episódio. Confira a lista:

Buffy - The Vampire Slayer


Buffy é uma série que marcou uma geração e mudou para sempre a visão de heroínas na televisão. A nossa querida caçadora de vampiros já mostrava a que veio desde a abertura, batendo em todo mundo, distribuindo estacas no coração, com lobos uivando e com uma música empolgante. Ao final da entrada, já estávamos querendo nos unir à "scooby gang" e sair matando monstros por aí.

Friends


Se existe uma abertura de série que todo mundo consegue identificar logo aos primeiros acordes, essa é Friends. Você pode não conhecer a banda The Rembrants, mas certamente sabe cantar I'll be there for you. Se bobear, até bate palma. Tudo isso graças a divertida entrada da série de amigos mais famosa da televisão.

True Blood


As produções de Alan Ball geralmente tem uma grande preocupação estética e isso significa que suas aberturas geralmente são incríveis. Depois da ótima entrada de Six Feet Under, a próxima série do showrunner conseguiu surpreeder novamente: com uma música fantástica e uma sequência de imagens que remetem a sexo, fanatismo religioso e situações mundanas, True Blood poderia começar a ser analisada já por sua abertura. 

Anos Incríveis (The Wonder Years)


A versão de A little help from my friends na voz rouca de Joe Cocker já seria o suficiente para selecionar a abertura de Anos Incríveis para essa lista. Mas aliada ao vídeo caseiro que nos apresenta Kevin Arnold, sua família, seu melhor amigo e sua namoradinha de infância, a entrada é simplesmente emocionante.

Um Maluco no Pedaço (The Fresh Prince of Bel-Air)


Will Smith pode ser uma das personalidades mais conhecidas dos EUA, mas talvez toda essa fama não existiria não fosse pela série que aqui no Brasil ficou mais conhecida por Um Maluco no Pedaço. E a sua abertura, seguindo o clima do seriado, não deixou passar o timbre de comédia do ator e o colocou cantando um rap enquanto se livra de diversas situações complicadas usando somente a sua lábia - situação frequente na série. Até hoje Smith recebe pedidos para cantar novamente o rap de seu primeiro programa de sucesso.

CSI - Las Vegas


A abertura de CSI casa perfeitamente a música do The Who (Who are you) com a sequência de imagens dos crimes e investigações dos cientistas forenses. Poderosa, ela sempre entra após uma cena de crime, aumentando ainda mais a tensão dos episódios.

Two And a Half Men


Two And a Half Men tem uma abertura aparentemente simples, mas que resume bastante a ideia principal do seriado: a comédia inesperada e a interação entre os personagens principais, que contra todas as expectativas, no fim se mostra harmoniosa. E o "man man man man..." cantado por Charlie, Jake e Alan (e posteriormente Walden) não sai fácil da cabeça.

Game of Thrones


Uma das melhores aberturas de séries atualmente certamente é Game of Thrones. Passeando pelo mapa do mundo fantástico da história épica, que tem seus pontos principais elevados dependendo da importância que o lugar está tendo na trama, ela ainda conta com uma trilha instrumental lindíssima, que nos transporta para dentro do universo criado pelo escritor George R. R. Martin.

Dexter 


Criativa e metafórica, a abertura de Dexter também conta com uma música forte e marcante, perfeita para evocar a aflição que as imagens despertam. Na entrada, o protagonista realiza uma sequência de ações rotineiras e naturais a ele após o depertar, como se vestir e preparar o café da manhã. Mas todas as ações de Dexter também se relacionam com outra ação que ele realiza com naturalidade: matar. Ele fatia, perfura, espreme, corta, amarra...

The OC


The OC é um seriado que apostou não só em boas tramas e personagens, mas também em um ponto importantíssimo para o seu jovem público alvo: a trilha sonora. Com ótimas músicas permeando os episódios, a série já iniciava com California, do Phanton Planet, que a marcou tanto que até hoje é difícil dissociar uma da outra.


Menções honrosas

A Feiticeira

Six Feet Under

House

Twin Peaks

The Big Bang Theory

Gilmore Girls

That 70's Show

Blossom











0 comentários:

Postar um comentário