15 de jul de 2012

Lista da semana: Os personagens mais fofos

Posted by Aline Guevara On 11:01 3 comentários


Para começar mais uma semana, que tal uma lista que vai fazer seus olhos brilharem em formato de coração? Os filmes, desenhos, livros, quadrinhos e animes às vezes nos presenteiam com aqueles personagens que são tão lindinhos que temos vontade de abraçar e levar para casa. Vamos a eles:



Wall-e

O robozinho é a última criatura que ficou na Terra (após a raça humana deixá-la para ir ao espaço) e incessantemente recolhe o lixo que produzimos, compacta-o e faz pilhas, na tentativa de limpar nosso pobre planeta. O lixo é o único contato que ele tem com a humanidade e a partir dele desenvolve uma curiosidade e um carinho pela raça humana, sempre observando o espaço em busca dos antigos terráqueos.





Sakura

É difícil assistir o anime Sakura Card Captors ou ler o seu mangá e não se apaixonar pela menina caçadora de cartas mágicas. Gentil, educada, divertida e incrivelmente atrapalhada, Sakura define a expressão “kawaii”, termo japonês para designar algo muito fofo. E ela é tão inocente que só no final do desenho, depois de muitas e muitas aventuras, percebeu que seu amigo Shaoran era apaixonado por ela!



Ursinho Puff

Só de ouvir a voz do ursinho, toda mansa e gentil, já podemos identificar a criatura adorável que ele é. Seus amigos formam um grupo tão fofo quanto ele próprio, mas é sua inocência (frequentemente alvo de piada do menino Cristóvão – “Ursinho boboca!”) que o transforma em um personagem ainda mais especial.










Boo (Monstros S/A)

A menininha é tão adorável, tão fofinha, que até os monstros, que viviam para assustá-la (mas na verdade morriam de medo dela), terminaram se encantando por ela. E como evitar isso quando olhamos para seu rostinho angelical?




Snoopy

Leal, companheiro e sonhador, o cãozinho Snoopy já tem mais de seis décadas de vida, pois primeiro quadrinho com o personagem foi produzido em 1950. Sempre ao lado de seus inseparáveis amigos, o menino Charlie e o passarinho Woodstock, ele detesta gatos (os considera “ervas daninhas na relva da vida”), doces de coco e bolachas, é bilíngue (entende um pouco de francês), é claustrofóbico, fracassou no curso de geometria (desculpa que usava para não seguir com o curso de golfe) e ainda tem sua própria dança. E é completamente adorável.





Pequeno Príncipe

O garoto veio do distante asteróide B-612 para a Terra e tanto aprendeu quanto ensinou sobre amizade, responsabilidade e afeição. Protagonizando algumas das cenas mais famosas (e fofas!) da literatura, o personagem é ícone da literatura e a obra que leva o seu nome é uma das maiores no mundo, se tornando o terceiro livro mais traduzido para outros idiomas na história.




Lindinha (As meninas super poderosas)

A justiceira mais fofinha dos desenhos não podia ficar de fora dessa. Lindinha sempre foi a irmã poderosa mais gentil, inocente e carinhosa, tratando bem até mesmo seus inimigos. Depois ela metia porrada em todo mundo, mas nós sabemos que os socos e chutes eram sempre dados com muito amor.








Pikachu

O mais conhecido Pokémon de todos os tempos também é aquele que mais desperta as reações sentimentais tão comuns diante uma coisa fofa. Mas ele não é só um rostinho fofo e bonito na multidão de pokémons não! Ele ainda tem a incrível capacidade de derrotar todos, TODOS os pokémons possíveis e os impossíveis também. Deve ser o poder do amor e da fofura falando mais alto e elevando o poder de seu raio ao infinito.



Amèlie (Os pequenos prazeres de Amèlie Poulain)

A francesa Amèlie Poulain conquistou o mundo todo com seu jeito simples de ver a vida elencando detalhes que às vezes nos passam despercebidos, mas são nosso motivo de felicidade que nos fazem desfrutar cada dia. Nossos pequenos prazeres. A fofura da tímida protagonista, que resolve seus problemas das formas mais divertidas e criativas, é encantadora e é impossível assistir seu filme e ver a vida do mesmo modo que via antes.


Dug (Up - Altas Aventuras)

“Eu me escondi debaixo da sua casa porque eu te amo”. Excelente ideia a dos produtores do filme UP – Altas Aventuras em colocar um dispositivo no cachorro, permitindo que este expresse o que pensa. Provavelmente essa é a exata reação de um cão logo após conhecer um ser humano que lhe dê um mínimo de atenção. Como não se apaixonar e querer levar para casa?

3 comentários:

Falto a menininha do Meu Malvado Favorito Agnes!!! *.* ela é d+

Cadê o Gato de Botas com aquele olhar dele ?

O olhar do gato pode ser fofo, mas ele em si não é, certo?! Inclusive, ele costuma usar esse olhar para distrair os inimigos antes de atacá-los.
^^

Postar um comentário