18 de jun de 2012

Perdidos no Espaço da TV: Glee - final de temporada

Posted by Aline Guevara On 20:20 0 comentários



Começamos a terceira temporada sem dramas (aleluia!) entre Finn (Cory Monteith) e Rachel (Lea Michelle), que finalmente começam uma relação estável. As preocupações do terceiro ano estão claras: a conquista do campeonato nacional pelo Glee Club e o caminho que os estudantes formandos tomarão com a conclusão do ensino médio.

Rachel e Kurt (Chris Colfer) tentam uma vaga em NYADA, escola em NY especializada em canto, e parecem ser os únicos que sabem o que querem. Finn, Mercedes (Amber Riley), Santana (Naya Rivera) estão mais perdidos que cego em tiroteio, enquanto Puck (Mark Salling) e Brittany (Heather Morris) precisam se esforçar para tentar passar do ensino médio.

Quinn (Dianna Agron) está perdida e passa por um momento de recaída nas maldades que praticava na primeira temporada (e, diga-se de passagem, não faz o menor sentido na história dela) tentando reaver a filha Betty que foi adotada por Shelby (Idina Menzel), antes perceber que a criança está melhor assim e decidir fazer uma boa faculdade. Mike Chang (Harry Shum Jr.) ganha bastante destaque na temporada, já que o garoto precisa convencer o pai tradicional que não quer fazer medicina, mas sim seguir o sonho de ser dançarino.

Rachel em desespero após falhar na
 apresentação para a jurada de NYADA
Rachel passa por problemas sérios em sua performance para a avaliadora de NYADA, Carmen Tibideaux (Whoopi Golberg em participação especial). Ao escolher a música que está mais acostumada a treinar, Don’t Rain On My Parade, que não deixa de ser impressionante na sua voz, a garota trava e esquece a letra no meio da canção. DUAS VEZES!  Para quem já assistiu a garota na primeira temporada interpretando a música, é com o coração apertado que assistimos a cena. Ela tem então que correr atrás da jurada e implorar por uma nova chance de tentar ser avaliada.

Entre os dramas envolvendo o futuro dos formandos, a série continua discutindo temas como perda da virgindade, bullying, aceitação, casamento na adolescência, mas também acaba falando de alguns outros temas mais “sérios”, como agressão física, violência contra a mulher, tentativa de suicídio.

Mercedes, Santana e Brittany arrasam no mash-up
Rumor Has It/ Someone Like You
As músicas da temporada não estão tão inspiradas como nas temporadas passadas, no entanto Santana apresenta algumas performances maravilhosas como América encenando o musical West Side Story, o mash-up Rumor Has It/Someone Like You e o duelo musical com Sebastian cantando Smooth Criminal, de Michael Jackson. Uma das questões desenvolvidas na temporada foi justamente a personagem assumindo sua homossexualidade, em meio a vários problemas, e seu namoro com Brittany.

Foi um alívio não ver os personagens discutindo que músicas iriam cantar nas competições minutos antes das apresentações. Com uma performance mais elaborada na final das Nacionais, o New Directions mistura Edge of Glory, de Lady Gaga, It’s All Coming Back To Me Now, de Celine Dion, e Paradise By The Dashboard Light, de Meat Loaf. Foi lindo. Apesar da apresentação do Vocal Adrenaline também ter sido fantástica, com Unique como principal voz, o Glee Club finalmente mereceu ganhar o prêmio máximo.


Com o troféu das Nacionais conquistado, resta concluir as histórias dos formandos. Mike e Quinn vão para a Universidade, ele para ser dançarino e ela para Yale estudar atuação. Mercedes vai para Los Angeles, assinando um contrato com uma produtora musical. Puck consegue passar nas últimas provas e se forma, mas não pretende fazer faculdade. Britanny não consegue recuperar sua média zero e ficará no colégio mais um ano. Não fica claro o futuro de Santana, afinal a menina quer ir para Nova York, assim como Rachel, e aperfeiçoar a carreira musical, mas no último momento olha para a foto da namorada. Certamente saberemos qual foi a sua escolha na quarta temporada.


Ao contrário do que mostra em boa parte do tempo na série, Glee fugiu um pouco da fantasia de que tudo vai dar certo no final e investiu em uma conclusão mais “real” para o trio Rachel-Finn-Kurt, pois somente a garota consegue a aprovação na faculdade que sonhava e pode ir para Nova York. Mas sem o namorado e o amigo, Rachel decide desistir da vaga para tentar novamente no ano seguinte ao lado deles.

É então que os roteiristas nos surpreendem novamente e dão o final mais correto para a personagem: Finn não permite que Rachel desista de NYADA e a leva para a estação onde um trem a levará para NY. Explicando que ele mesmo quer se alistar ao exército, o garoto demonstra que a ama de verdade e não quer que a namorada desista de seus sonhos. Aos prantos, ela entende que estão tomando a decisão certa.

É isso aí, então damos adeus aos nossos personagens preferidos em Glee... só que não! O criador da série Ryan Murphy já declarou que a dinâmica da quarta temporada será diferente das anteriores e que além das aulas de Will Schuester (Matthew Morrison), acompanharemos alguns dos formados também, como Rachel e Kurt. Logo, não é adeus coisa nenhuma. Provavelmente só um até logo, nos vemos em setembro.



0 comentários:

Postar um comentário