15 de abr de 2012

Lista da semana: Personagens que amamos odiar

Posted by Thaís Colacino On 15:38 0 comentários

Todos temos aqueles personagens que odiamos, mas odiamos taaanto que desejamos que eles morram (alguns mais de uma vez). Mas quando escritores e roteiristas atendem nossos clamores, nos sentimos felizes, mas também tristes, pois, e agora, quem iremos odiar? 

Confira a relação dos personagens que amamos odiar!


Cersei Lannister, de Crônicas de Gelo e Fogo a.k.a. Guerra dos Tronos - Jaime pode ter empurrado Bran de uma torre, mas só o fez por Cersei. Egoísta, megalomaníaca, orgulhosa e mimada, quando não tem o que quer usa tudo o que pode (poder, corpo, favores e mentiras) para ferrar a pessoa que ousou ir contra sua vontade. Criou um monstro (Joffrey), mandou matar um dos lobos dos Stark, tem um piti quando alguém não faz o que ela quer e quando governa refaz erros de reis que morreram há mais de 300 anos. É dela a frase "Ou você ganha, ou você morre na guerra dos tronos" e há muitos que estão esperando a morte dela, apaziguada pelos comentários sarcásticos e destrutivos de Tyrion.



Dolores Umbridge, de Harry Potter - Tanto no livro quanto no filme, nada era mais irritante do que a tosse de Umbridge ou o seu guarda-roupa totalmente cor de rosa. Preconceituosa e prepotente, diminuia aqueles que não eram puro-sangue, dava castigos extremamentes cruéis -como escrever com o próprio sangue-, impedia praticamente todo tipo de diversão (grupos, jogos, namoros), expulsava professores de Hogwarts (Sibila era odiada, mas depois de ser expulsa foi redimida)... Mas o pior foi usar o olho de Olho-Tonto Moody, auror querido, na porta do Ministério tomado por Voldemort.




Catherine e Heathcliff, de O Morro dos Ventos Uivantes - "A única coisa boa que eles tinham era o amor um pelo outro", é o que diz nossa "querida" Bella Swan em Eclipse. Ela não leu o mesmo livro que nós. Catherine foi a responsável por tornar o Heathcliff o monstro que ele era. Extremamente egoísta, ela o queria pra ela, mas mesmo assim casou com outro que era do nível dela. Outro que amava ela. Resultado: Tornou o Heathcliff um louco obssessivo que transformou em inferno a vida de todos ao seu redor, inclusive a filha da Catherine, o filho dele e todos os outros personagens do livro. E o marido de Catherine, que era bom e  a amava de verdade (o porquê ainda é desconhecido), também sofreu pelo seu egoismo e suas frescuras, além de ser mais uma vítima da vingança de Heathcliff. Esses dois merecem o inferno juntos!


Shane, de The Walking Dead - (SPOILERS) FDP de classe maior, Shane de The Walking Dead dificilmente ficaria longe dessa lista. O cara transou com a esposa do melhor amigo Rick, corre o risco de tê-la engravidado e queria matar o companheiro para assim tomar seu lugar como chefe de família e líder do grupo. Tudo isso em meio a um apocalipse zumbi! E ainda por cima deixou um cara para ser comido por zumbis para poder escapar. É compreensível a ideia de que “fez isso para sobreviver”, mas pense só, ele poderia ter atirado na cabeça do cara (que por sinal, só estava naquela situação para ajudá-lo) e o livrado do sofrimento. Mas não, preferiu atirar na perna do cara, apesar de nenhum motivo prático a não ser deixá-lo ser comido VIVO. Muito bacana esse Shane... Sim, a segunda temporada da série não seria tão boa sem o rapaz, mas só porque é muito divertido odiá-lo.






Bella Swan e Edward Cullen, de Crepúsculo - O casal mais odiado de todos os tempos e fonte de inúmeras zoações, desde namoro interracial entra humanos e fadas até sugestões de pedofiliaXnecrofilia. O amor deles começa da improbabilidade absurda de um vampiro centenário se interessar pelas agruras de uma humana adolescente, só porque ele não consegue ouvir os pensamentos dela. Stalker much?






Seiya, de Cavaleiros do Zodíaco - Ninguém entende porque Seiya é o protagonista. Vive gritando, vendo seus golpes falharem (e sempre se espanta com isso!), ama Saori (sério Seiya? SÉRIO??), é sempre o cara por quem os outros se sacrificam e sempre, SEMPRE, tem que se superar, elevando o cosmo até o infinito para vencer alguém. Provavelmente os adversários perdem para não ter que aguentá-lo gritando.




Sasuke e Naruto, de Naruto - Quieto e no seu canto, Sasuke começou sendo "o cara bonzão" da vila, sempre com notas máximas e cara blasé que as meninas amavam. Resolveu partir por vingança e quando a conseguiu, descobriu os motivos do irmão e resolveu destruir a vila em que nasceu e todo mundo que ele conhece e supostamente eram amigos dele e nada de mal fizeram pra ele. Ah... mas os antepassados fizeram e eles devem pagar! Tão odioso quanto ele, só o Naruto, que insiste na amizade dos dois.





Jar Jar Binks, de Star Wars - A Ameaça Fantasma - 
Nunca um personagem feito para ser amado e carismático foi tão odiado. E porquê? Ele não é só o desastrado que por sorte faz seus desastres darem certos (parece que o universo conspira a favor de suas trapalhadas), mas são atitudes tão “non sense" que os três patetas e os trapalhões iriam se orgulhar de tê-lo a seu lado. Jar Jar foi criado para ser o contraponto cômico em Ameaça Fantasma, mas a série Star Wars já tem dois ótimos  pontos cômicos: RDD2 e C3PO. Eles também aparecem no filme, tornando Jar Jar um personagem inútil.





Tara, de True Blood - A amiga revoltada de Sookie, acha que o mundo está contra ela e trata todo mundo com hostilidade (e, logo, todos ficam contra ela). Não gosta de ouvir fins de discussões e acha que todos têm que concordar com ela quando ela diz que algo é ruim ou não funciona. Também acredita que as experiências más que tiveram são exemplos a serem seguidos por todos e definem toda a raça vampiresca.




Debra Morgan, de Dexter - Há quem torça pela morte dela desde a primeira temporada. Debra não é engraçada, um pouco lerda para descobrir as coisas e tem um péssimo gosto para namorados, que sempre a colocam em situações delicadas ou são vítimas, ou são alcóolotras... E vive enchendo nosso querido Dexter com seus problemas ou interrompendo-o durante as 'caçadas'. Tem um claro complexo de Édipo não resolvido e ainda conseguiram deixá-la mais insuportável com a situação ridícula do amor pelo irmão na última temporada.

Menções honrosas (todos esses de Crônicas de Gelo e Fogo):
Uma obra que consegue produzir tantos personages odiosos merece mais de uma menção:

Joffrey Lannister - Mimado, ele se acha por ser filho do rei, não tem habilidade alguma com nenhuma arma, mas gosta de segurá-las para se sentir superior. Joffrey também gosta de ver os outros sofrerem, criou uma guerra porque deu na telha, mandava outros baterem e humilharem a noiva só para descontar a raiva que tinha e ainda por cima humilhava Tyrion, o tio, só porque ele é um anão feio (e porque Tyrion vive esbofeteando-o).






Casa Frey (principalmente Lorde Frey) - Casamento Vermelho, pela traição, falsidade e, principalmente, crueldade com os Starks e o Vento Cinzento, pobre lobo... E ainda querem pagar de bonzinhos, falando que foram traídos primeiro. Pode até ser, mas não foi desse jeito Frey.. Vingança está a caminho.





Ramsay Snow/Bolton - O bastardo Bolton do norte é o mais cruel da série. Forçou casamento com uma viúva só para tomar suas terras e a deixou morrer de fome nas masmorras (mas antes ela comeu alguns dedos dela mesma para tentar se alimentar); solta mulheres e as caça como animais, depois as mata e nomeia as cachorras em "honra" dela; esfola inimigos e espera até eles não aguentarem mais de dor e peçam para que ele corte o membro esfolado; entre outras coisas que faz no quinto livro  e que são spoilers. Mas o pior foi matar duas crianças inocentes e passá-las por Bran e Rickon, fazendo Catelyn surtar e contribuindo para a queda de Robb, indiretamente.

Maegi - Mirri Maz Duur - Salva da morte por Dany, retribuiu cuidando de Khal Drogo (sim, ela cuidou), mas matou o cavalo dele, o filho de Dany, ainda no ventre, e deixou Drogo catatônico. Chamou isso de vingança bem servida pelos estupros que sofreu e a vida que ia levar. Nenhum dos quais culpa de Dany, que pagou na mesma moeda usando-a como combustível para a pira funerária do marido e para acordar seus novos filhos, os dragões. Quem não se sentiu feliz quando Dany falou: "Você vai gritar"?

0 comentários:

Postar um comentário