18 de jun de 2013

True Blood - 6ª Temporada - Primeiras Impressões

Posted by Thaís Colacino On 22:54 0 comentários


A sexta temporada de True Blood começou desacreditada, e não foi por acaso. Após um final decepcionante na quinta, com Billith, o híbrido de Bill e Lilith, aparecendo de uma poça de sangue e pronto para atacar os protagonistas, com a morte fácil de Russell e uma trama exaustiva com fadas que aparentemente só servem de comida, não tinha como ter muita esperança.

O primeiro episódio "Who Are You, Really?" começa onde parou a temporada anterior: os protagonistas fogem de Billith e dos guardas da Autoridade que restaram. A grande trama da temporada será a guerra entre humanos e vampiros, que agora não têm mais a bebida Tru Blood e, o pior crime, não pagam impostos. Os humanos têm a seu lado o governador do estado de Louisiana, que praticamente declarou aberta a caça aos vampiros, mas tem interesses por trás.

Enquanto isso, temos as tramas paralelas que prometem ser tão chatas como sempre: Sam fugindo, Alcide liderando os lobos e o xerife Andy cuidando das filhas fadas - para falar a verdade, parece ser até um pouco engraçado. Já Lafayette aparece dois minutos para mostrar que ainda é o melhor personagem da série, mas sua trama não foi definida.

Não podemos esquecer de Jason, que agora vê os fantasmas dos pais mortos - ou o inconsciente assustado e reacionário tomando forma, que de muitas formas se ligará à história principal. O personagem cresceu bastante na última temporada, algo descartado inicialmente, mas com um leve vestígio nos últimos segundos em cena.


Pam, Tara e Jessica parecem ter mais espaço nesta temporada, que deve desenvolver o relacionamento complicado das duas primeiras e da adoração de Pam por Eric, enquanto cabe a Jessica tentar manter Bill são, algo que obviamente não dará certo. Com poderes demais, já dá para imaginar a neófita Jéssica sucumbindo ao tentar pará-lo.

Já Sookie parece mais madura e cansada, desejando ser quem era antes de se envolver com vampiros. Isso significa que ela até "destrata" alguém que muitos fãs adoram, mas é compreensível (mas ela continua sendo uma vadia sem coração por isso). E Bill continua irritante como sempre.

Apesar de tudo, a sexta temporada de True Blood não começa ruim, mas também não empolga muito. Os produtores até diminuíram o número de episódios: ao invés de 12, terá 10. Vamos esperar os próximos capítulos para ver como essa temporada irá se desenrolar.

0 comentários:

Postar um comentário