11 de jun de 2013

Lista da semana: Casais mais estranhos

Posted by Thaís Colacino On 23:33 1 comentários


Ah, o Dia dos Namorados chegou! É tudo tão belo e romântico, assim como os casais dessa lista. Ou não, porque nem todos são casais. Alguns deles tem somente um lado achando que tem um relacionamento, outros só formam uma dupla, mas não há como negar que há um carinho, mesmo que estranho, entre eles!

Jack e Sally, O Estranho Mundo de Jack



Um dos casais mais fofos da lista, Jack Skellington, o rei do Halloween e Sally, uma boneca-experimento de pano se completam. Ela traz a lógica para Jack, tão sonhador que acaba não vendo os problemas em que pode entrar.


Beetlejuice e Lydia, Os Fantasmas se Divertem



Ok, eles não são exatamente um casal, estão mais para uma 'dupla dinâmica'. Eles até iam se casar, mas no fim, ficou tudo na amizade. Até porque ele nem está vivo mesmo.


Mortícia e Gomes, A Família Adams




Um casal romântico com filhos adoráveis e um estilo de vida sem igual. Ou mais ou menos. São um tanto parecidos com o casal abaixo. Mas ainda assim, icônicos e apaixonados!


Herman e Lily, Os Monstros



Amor que vai durar a vida inteira... ou até mais! O casal que reside na Rua Pássaro Preto 1313 mostra que existe amor até nas famílias mais estranhas. Tanto é que, do fruto desse amor, nasceu o pequeno Edward Monstro.


Sweeney Todd e Mrs. Lovett, Sweeney Todd - O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet


Outro casal que não é bem um casal, pelo menos não fora da cabeça da Mrs. Lovett. Sweeney está sendo levado pela multidão, tendo sua cúmplice bem estabelecida e focado na vingança, enquanto ela quer um marido como ele. Tem gosto para tudo.


Tyler Durden e Marla Singer, Clube da Luta




Um casal desfuncional, que baseia muito da relação em sexo e tem dois protagonistas muito destrutivos - para não dizer loucos. Mas no fim, tudo dá certo.


Edward Mãos de Tesoura e Kim, Edward Mãos de Tesoura 


O casal com a história mais triste, pois contos de fadas nem sempre terminam com um final feliz. Há de tudo nessa bela história: o conflito inicial, a pureza do amor e a vitória sobre as adversidades.


Chucky e sua noiva, A Noiva de Chucky


Chegando na parte de bizarrices, temos Chucky e sua noiva. Era mais estranho quando ela era uma mulher querendo um boneco e depois ela mesma foi transformada/aprisionada em um. E ainda vai ter filhos. E se apaixonou pelo Chucky. O amor é cego, surdo, sem noção e sem tato!


Davy Jones e Tia Dalma, Piratas do Caribe: O Baú da Morte



Sabe aquele casal que tenta alterar o outro, dominar e mandar e só acabam brigando? É bem Davy Jones e Tia Dalma. Ela, a deusa do mar,Calypso, foi brincar com o mortal apaixonado, que fez tudo o que ela queria. Furioso e obcecado, ele faz tratos nefastos para aprisioná-la em um corpo mortal. Depois arranca o próprio coração para não sentir mais o amor. E ela lança uma maldição sobre ele, agora meio-homem meio-peixe. O amor machuca!


Donkey/Burro e Dragoa, Shrek


O Burro e a Dragoa... Mais um lindo conto de fadas do mundo de Shrek, mostrando que o amor supera todas as limitações: de fisionomia, raça, falta de comunicação e atração. E não sabemos bem como -ou pelo menos, o Burro não sabe- tiveram filhinhos!

1 comentários:

Postar um comentário