11 de mar de 2013

Perdidos no Espaço da TV: Red Widow - Primeiras Impressões

Posted by Thaís Colacino On 23:47 0 comentários


Que o mundo do crime sempre interessou e rendeu boas histórias todos já sabem, e parece até ser um tema inesgotável para filmes e séries. Eis que chega mais uma, também interessante.

Red Widow é a nova série da ABC. Na trama, seguimos Marta Walraven (Radha Mitchell), filha de um mafioso russo e casada com um traficante menor de maconha. Apesar dos parentes, ela parece - e é - muito alienada do negócio: sabe o que o pai e marido fazem, mas não quer se meter nem saber os pormenores. Vivendo uma ótima e rica vida com os três filhos, parece que nada poderia estar melhor. Talvez se um agente federal parasse de bater na porta toda hora. Mas o marido dela é assassinado e ela tem dívidas dele para pagar com o pior traficante da cidade, Christian Schiller (Goran Visnjic). O jeito encontrado é assumir a posição do marido no submundo.


Com uma trama dessas, Red Widow parecia aquela série que teria tiros para todo lado e muitas pessoas duronas. Por sorte não é assim. Trazendo mais realidade ao mundo do crime, mostra uma família normal, mas ameaçadora, que tenta evitar que os mais 'puros' da família se envolvam com o negócio sujo que fazem para viver. Ninguém tem um caráter inabalável, todos são tridimensionais e cremos que possam mesmo existir. Todos menos Schiller. Não por culpa do ator, mas pouco foi mostrado dele nos episódios piloto (o 1º e 2º saíram juntos): os personagens mais falam e o temem do que ele realmente tem tempo de tela.

A história de Red Widow é interessante e tem tudo para ser bem desenvolvida ao longo da temporada. Marta começa os episódios como uma dona de casa rica que vê seu mundo ruir e sente-se ameaçada por todos os lados, o que a fará amadurecer e - espero eu - tenha mais confiança e fique sim mais durona, sem deixar o lado humano que a torna crível.


Todos os atores estão fazendo um bom trabalho, mas é cedo saber o desenvolvimento de cada um. Espero que o sr.  Schiller apareça mais e mostre por que é temido. Não que eu esteja reclamando de ver Goran na tela de terno ou lutando, muito pelo contrário, mas até agora ele só parece um empresário que se veste bem e aparentemente não gosta de jogos. Por enquanto, a série vale a pena ser conferida.


0 comentários:

Postar um comentário