10 de jan de 2013

Era uma vez: O Mundo de Sofia

Posted by Thaís Colacino On 17:11 0 comentários

"Quem é você?"
"De onde vem o mundo?"
"Por que o Lego é o brinquedo mais inteligente do mundo?" 


Para sanar tais dúvidas essenciais, o escritor norueguês Jostein Gaarder criou e publicou o clássico livro O Mundo de Sofia, em 1991. O romance é um exemplo da metaficção e um livro dois em um: além da história da protagonista Sofia, também temos a história romanceada da filosofia.


Sofia Amundsen, uma garota comum prestes a completar quinze anos, começa a receber e bilhetes estranhos com perguntas que a perturbam: "Quem é você?", "de onde vem o mundo?". Os bilhetes são anônimos, foram mandados do Líbano por um major desconhecido para alguém chamada Hilde Knag, jovem que Sofia igualmente desconhece. Sofia, ao tentar formular respostas para tais questões, embarca na história da filosofia e vê sua percepção das coisas se transformar completamente. Para isso, ela tem a ajuda do filósofo Alberto Knox, tornando-se sua aluna.

Poderia ser uma história chata e pesada, mas não é. Apesar de cada capítulo praticamente contar um pedaço da história e evolução da filosofia ocidental, a mistura com a realidade de Sofia e os exemplos que ela chega a pensar dentro dessa realidade fazem sentido com o livro e também fora dele, sem chegar a usar um tom pedagógico.

O Mundo de Sofia já está na 70ª reimpressão (agora com nova capa) porque não encanta à toa. É um livro que diverte, ensina de forma prazerosa e tem uma boa história. Além, claro, de fazer o leitor se achar um mestre em filosofia e questionar tudo. E mais para o fim coisas bizarras começam a acontecer (como a imagem refletida do espelho piscar os dois olhos ao mesmo tempo), mas tudo tem uma explicação!

O Skoob está sorteando o livro com a nova capa. Ainda tem quatro dias pra participar!



0 comentários:

Postar um comentário