27 de jan de 2013

Lista da semana: Marcas registradas de Quentin Tarantino

Posted by Thaís Colacino On 01:04 0 comentários

Que Tarantino é nosso muso inspirador não podia ser mais claro! O diretor adora estilizar seus filmes, deixando-os com uma cara única, mesmo que coloque diversas referências e homenagens. E, claro, Quentin tem algumas "marcas registradas" comuns em muitos (senão em todos) seus filmes.


Três pessoas apontando armas
Seja um para o outro ou para um quarto elemento, esta é uma cena clássica e recorrente. Elemento de tensão instantâneo, nunca dá para saber quem dará o primeiro tiro e o que acontecerá com o restante do grupo...


Violência estilizada e Vingança
Temas sempre presentes e regados a sangue com sabor de catchup, violência deve ser o nome do meio de Tarantino, mas ele sempre as faz em cenas um tanto quanto sem noção e inverossímeis (a Noiva em Kill Bill e o tiroteio em Django, só para constar), mas sempre estilosas e muitas vezes homenageando alguma série ou animação da qual Quentin é fã.

Diálogos bem construídos e frases de efeito

Pulp Fiction é um filme que tem muitas falas vazias e quando o silêncio paira sobre Mia (Uma Thurman) e Vincent (John Travolta), a garota comenta sobre o assunto, para depois Butch (Bruce Willis) comentar com uma taxista que os nomes nos Estados Unidos não significavam nada. Apenas um exemplo do bom roteiro.

Quentin também cria diversos 'memes' em seus filmes. Claro que algumas das mais famosas são as de um estressado Samuel L. Jackson em Pulp Fiction, desde a famosa "I dare you, I double dare you, motherfucker" (que gerou diversos memes), até a passagem da Bíblia. Já em Django temos um novo meme: "You had my curiosity, but now you have my attention".




Câmera de baixo para cima em dois atores
Usualmente, a câmera está em algum porta malas, mas em alguns filmes, como Django, isso não seria possível. Parece que os atores e personagens estão olhando para a plateia enquanto conversam amenidades entre si.



Discurso do ponto de vista ideológico do vilão
Como quase todo mundo (senão todo mundo) tem uma ética questionável nos filmes de Quentin,  parece ser necessário que o vilão da vez explique seu ponto de vista e porque ele é mais mau que todos os outros personagens juntos.


Fixação por pé
Para quem não sabe, Tarantino é podólotra e isso é visível nos filmes. Pelo menos quando se trata daqueles que Uma Thurman participa. Em Pulp Fiction, durante a famosa cena da dança, Tarantino foca nos pés da musa. Já em Kill Bill, ao sair do coma e do hospital, ela fica horas tentando se mexer, começando justamente pelo dedão do pé, bem focalizado pelo diretor.


Participações especiais de Tarantino
Quentin adora fazer uma pontinha em seus filmes. Ele pode ser um dos cães, um nazista escalpelado, um zumbi ou um irmão escravagista que sai de cena com um estouro, mas um dedinho e uma piadinha dele nós vemos!


Referências à cultura pop
Especialista em cultura pop, além de grande amante e crítico do gênero, Tarantino não perde a oportunidade de colocar referências sobre o assunto em seus filmes. Com longos diálogos aparentemente fúteis, como a famosa discussão da música Like a Virgin em os Cães de Aluguel, ele consegue subverter o próprio gênero pop e utilizá-lo como crítica social.


Realidades alternativas / Personagens interligados
Há muitas teorias que Quentin tem vários personagens interligados em filmes diferentes. Vincent Vega, o personagem de John Travolta em Pulp Fiction, seria relacionado com Mr. Blonde, o Vic Vega de Cães de Aluguel. Também é dito que o personagem de Samuel L. Jackson em Pulp Fiction tornou-se o pianista no casamento da Noiva em Kill Bill e que é parente de Stephen, de Django Livre. Isso para mencionar alguns. O assunto foi abordado no famoso video Tarantino's Mind:



Dança
É quase sempre possível presenciar uma cena de dança ou algum movimento que lembre isso nos filmes de Tarantino. Em Django, até o cavalo dançou.




Atores recorrentes
Todo diretor tem alguns atores com quem adora trabalhar e são chamados para vários filmes (parceria de Scorcese e DiCaprio, Tim Burton e Johnny Depp e Christopher Nolan com, bom, vários atores, são exemplo). Tarantino se encaixa na lista, trazendo Samuel L. Jackson, o excelente Christoph Waltz e, claro, a musa de Tarantino, Uma Thurman.

0 comentários:

Postar um comentário