30 de dez de 2012

Lista da semana: os piores filmes/decepções de 2012

Posted by Aline Guevara On 23:52 0 comentários

O ano está quase finalizado e chegou a hora de rever tudo o que passou pelos cinemas em 2012. Houve filmes excelentes, mas como sempre os ruins também deram o ar da sua graça este ano. Alguns deles nem foram muito ruins, mas nos provocaram decepção e frustração o suficiente para poder entrar nesta lista também. E se tivemos que sofrer para assisti-los, pelo menos este é o momento em que podemos nos divertir um pouco com eles para criar esta lista. E aí vai ela: os piores filmes de 2012!


Battleship - A Batalha dos Mares
A bomba do ano atingiu os mares. Pior do que essa piadinha é o filme Battleship - A Batalha dos Mares, que teve a brilhante ideia de colocar alienígenas com alergia a luz do sol para invadir a Terra. Ah sim, eles só veem uma arma quando é uma ameaça para eles, e só então responde - única coisa que justifica o nome do filme, já que atiram "às cegas". E tem a Rihanna. O pior é que do lado dos outros atores, você até acha que ela atua, então dá para perceber o nível das atuações.




Cavalo de Guerra
Infelizmente Steven Spielberg conseguiu entrar nesta lista com o longo e chato Cavalo de Guerra, no mesmo ano em que tivemos o seu divertidíssimo As Aventuras de Tintim. Um filme que apela em todos os sentidos para fazer o espectador derramar lágrimas tem uma história pedante e previsível, além de absurda. Tentar  segurar um filme pela emoção causada pelo sofrimento do animal, mesmo para Spielberg, é péssimo.



O Espetacular Homem-Aranha
Depois de ótimas adaptações do herói da Marvel no cinema (Homem-Aranha 1 e 2, pois o 3 é terrível), a Sony resolveu fazer um reboot da história do Aranha 10 anos depois do lançamento do primeiro filme. Ele não está na lista por ser horrível, mas sim pela decepção que causou nos fãs. De "espetacular", só o título mesmo, pois este fica à sombra do filme de Raimi, copiando momentos que já havíamos visto nos anteriores e criando algumas situações risíveis, como a ajuda dos moradores de NY com as escavadeiras. A história é fraca, com um vilão sem carisma e ainda por cima, a tão misteriosa verdade sobre os pais de Peter Parker, tão alardeada durante o filme, nem é mostrada.



Prometheus
A piada é infame, mas coube como uma luva: Prometheus e não cumpriu. O filme deveria ter sido um dos melhores do ano, portanto a decepção é grande demais. Parece que Ridley Scott se perdeu na mitologia megalomaníaca que criou e trouxe uma história com mais furos que uma peneira, situações contraditórias e deixou mais perguntas do que respondeu questões - uma óbvia deixa para um segundo filme que já está marcado para 2015.




O Legado Bourne
A melhor maneira de continuar uma trilogia de sucesso com certeza é pegar uma história paralela e continuar lembrando constantemente do outro protagonista, certo? Claro que não. Mas é o que se faz em O Legado Bourne, que não se salva nem pelas cenas de ação.





Abraham Lincoln - o Caçador de Vampiros
O filme tinha uma premissa muito surtada como o próprio nome indica, mas o diretor o levou a sério demais no quesito histórico e deixou de lado o roteiro. Ver Lincoln estudando e fazendo sua carreira política nas horas vagas que caçava vampiros é tão maçante e inverossímil quanto as cenas de ação. Lincoln corta uma árvore grossa com um único golpe quando descobre o poder da "verdade"... Seria até engraçado o non sense, mas o filme não permitiu a brincadeira, então ficou péssimo. Junte a isso coreografias de ação de baixo nível e efeitos especiais de qualidade duvidosa e terá uma leve noção de como o filme é "bom".


Motoqueiro Fantasma - Espírito de Vingança
O espírito da vingança. Nicholas Cage até tenta, mas não adianta. O Motoqueiro Fantasma poderia ser um filme fantasma. Ainda assim é muito melhor que o primeiro filme, graças a diretores Mark Neveldine e Brian Taylor, também responsáveis pelos excelentes e surtados filmes Adrenalina. Porém aqui não temos um bom resultado: Cage continua careteiro e fazendo seu habitual over action, a história tem explicações péssimas para tudo e até a participação de Christopher Lambert, o eterno Highlander, é menosprezada, pois o ator esta quase irreconhecível.



12 Horas

- Quando você chegar aqui, não terá sinal de celular.
- E como estamos conversando?
Quando até os roteiristas deixam uma frase dessas no filme, boa coisa não pode vir do roteiro e, sabendo disso, 12 Horas não decepciona. Uma jovem obcecada em achar quem quase a matou enche o saco dos policiais o filme todo só para depois não cooperar com eles e tentar resolver tudo sozinha. Sozinha, enfrentando o cara que quase a matou e a deixou traumatizada. Porque isso é muito plausível.#not



Sombras da Noite
O filme de Tim Burton com seu muso Johnny Depp parecia que seria muito bom, mas ao final, o comentário geral é 'meh'. Colorido, engraçadinho, meio esquisito, está tudo lá, menos a empatia por qualquer personagem e os conflitos familiares para os quais mal damos atenção são desenvolvidos (mas não resolvidos) nos últimos cinco minutos.





Cada Um Tem a Gêmea Que Merece
Mais uma comédia de Adam Sandler em que o comediante interpreta dois personagens: o protagonista e sua irmã gêmea. Ter Sandler interpretando uma mulher já seria constrangedor o suficiente por si só, mas por algum estranho motivo, o filme decide humilhar o grande Al Pacino (não dá para acreditar que ele aceitou participar disso...) fazendo-o interpretar ele mesmo se apaixonando pela "drag Sandler". Deplorável.




O Vingador do Futuro
Parece que as refilmagens viram verdadeiras bombas no cinema. Isso acontece porque a refilmagem pode ser uma armadilha: se for muito diferente do original, todos detestam porque justamente pelas diferenças, se for igual, a reclamação é por repetição. O Vingador do Futuro se tornou ruim justamente por estar nos dois extremos dessa ideia. Mudaram totalmente a ambientação, não tem Marte, não tem mutantes nem videntes, porém todas as cenas do filme original foram reproduzidas fielmente dando a sensação de ver um filme repetido, entretanto, sem a ambientação fantástica do antigo. Tem algumas cenas de ação bacanas, mas não salvam o filme.


Menções Desonrosas

A Última Casa da Rua

Bel Ami

Beleza Adormecida

Amanhecer - Parte 2

As Aventuras de Agamenon - O Repórter

Hotel Transilvânia

Fúria de Titãs 2

O Pacto

0 comentários:

Postar um comentário