8 de out de 2012

Perdidos no Espaço da TV: Supernatural - 8ª temporada

Posted by Aline Guevara On 22:28 0 comentários




Já presenteando os fãs com o bom e velho rock’n roll, Supernatural inicia a temporada retomando os acontecimentos mais importantes da anterior ao som de Jethro Tull em Locomotive Breath. Não há dúvida, os produtores conhecem os fãs de seu show.

Dean conseguiu sair do purgatório, e não sozinho. Levando um monstro, provavelmente vampiro de carona, o Winchester encontra o irmão que parece ter seguido o conselho de "seguir em frente" Sam não caça mais e por ter ignorado as ligações nos celulares que usava Kevin, o garoto que é o profeta de Deus, está em perigo.

O que nos leva ao título do episódio, We need to talk about Kevin (referência ao filme Precisamos falar sobre Kevin). É incrível como depois de sete temporadas os roteiristas ainda têm imaginação e bom humor para continuar dando nomes criativos aos episódios.

O grande problema de Supernatural é tão recorrente que é irônico: é justamente a sensação de dejà vu constante. Todas as situações que vemos no início da oitava temporada, nós já vimos exaustivamente, às vezes mais de uma vez, sendo discutidas nas outras temporadas: Dean voltando de um lugar inóspito com flashbacks, que ao longo da temporada vão mostrar o que ocorreu com ele durante o último ano e como ele conseguiu escapar; Dean e Sam brigando; um dos Winchester aposentado da vida de caçadas, relutante em voltar; Dean e Sam brigando; a mocinha que vai fazer o Winchester aposentado vacilar em relação a continuar caçando; Dean e Sam brigando. Ou seja, novos dramas com gosto antigo.

De qualquer forma, foi uma boa premiere. Temos Dean e Sam com um novo aliado, Kevin, que dará uma nova dinâmica ao relacionamento dos irmãos; o inferno, os demônios e Crowley como principais inimigos novamente ao invés de inventar novos monstros aleatórios; poderemos visualizar dessa vez o que houve com Dean, pois o purgatório será mostrado nos flashbacks; e temos Benny, o misterioso e nada confiável (em minha opinião) monstro aliado de Dean. E ainda temos que descobrir o que ocorreu com Cass. Ao que tudo indica, podem ter ocorrido traições que resultaram no desaparecimento do anjo.

Enfim, fica o desejo para que essa temporada traga um frescor para a já desgastada série. Que, se não pudermos ficar ligados na tela como ocorria até a quinta temporada, ao menos Supernatural forneça bastante diversão e bons embates para os Winchester.

Sam, Dean estão de volta com o terceiro protagonista da série: o Chevy Impala 1967!

0 comentários:

Postar um comentário