8 de out de 2012

Perdidos no Espaço da TV: Partners - Primeiras Impressões

Posted by Aline Guevara On 20:12 0 comentários



Nova série de comédia da CBS, Partners nasceu dos mesmos criadores de Will & Grace, a dupla Max Mutchnick e David Kohan, e é quase uma história autobiográfica, pois o relacionamento dos dois protagonistas do seriado é baseado na própria história dos criadores, que vivem uma parceria/amizade de muitos anos. 

Os "partners" em questão são Joe (David Krumholts) e Louis (Michael Urie), que sempre estiveram juntos, desde a infância, e hoje trabalham como sócios em um escritório de arquitetura. Joe é hétero e fica noivo da divertida Ali (Sophia Bush, de One Three Hill), enquanto Louis é gay e namora o sarado e saudável Wyatt (Brandon Routh).

"Isso é uma galinha e ela não morreu atravessando a rua"
Louis, que por natureza já gosta de se intrometer na vida alheia (ainda mais se for a de Joe), adora dar sugestões e conselhos para o casal, causando mais confusão do que resolvendo situações. E os respectivos namorados dos dois amigos compreendem que ao estarem envolvidos com Joe ou Louis levam o outro no pacote.  

Após dois episódios é possível dizer que Michael Urie é a alma da série. Todos os seus momentos são inspirados e quando ele está em cena até o insosso Brandon Routh é mais aceitável. Apesar das melhores cenas da série serem entre Joe e Louis, as conversas entre o amigo gay e Ali são sensacionais. Os diálogos deles sobre sexo e sobre a galinha foram hilários.

Como Ali declara no episódio piloto, esta não é uma série de 4 amigos e dois casais, mas sim de 3 casais entre 4 amigos. E a dinâmica entre eles é excelente, permitindo um bom ritmo de história e timing de piadas. Não é muito difícil gostar de Partners e querer acompanhar a série.

OBS 1: Acabei de me dar conta que ainda não houve um momento em que Joe e Ali interagiram sozinhos, enquanto os outros "casais" da série interagem bastante.

OBS 2: Infelizmente, Partners mal começou e já está quase morta. Com números péssimos de audiência (para o padrão da CBS), a imprensa americana já fala no cancelamento iminente da série. Se a audiência não subir nos próximos dois ou três episódios provavelmente não haverá salvação para o programa.


0 comentários:

Postar um comentário