27 de abr de 2012

Vs the World: Os Vingadores

Posted by Bueno Neto On 10:07 1 comentários

"E houve um dia como nenhum outro. Quando os maiores heróis da terra se viram unidos contra uma ameaça em comum! Naquele dia, os Vingadores nasceram pra enfrentar os inimigos que nenhum outro super-herói poderia enfrentar sozinho! Stan Lee Apresenta:

 Os Vingadores"


Com essa chamada começam as incríveis aventuras dos vingadores nas HQs. Todo grande fã da Marvel ou de comics em geral reconhece essa apresentação como prelúdio de grandes sagas e esse post é uma retrospectiva dos grandes e mais importantes momentos das origens dos Vingadores nas HQs para entendermos como eles são! É o que faremos agora vendo desde o começo todo alicerce que transformou esses heróis nos "mais poderosos heróis da terra".

O início da saga dos heróis e as idéias de Stan Lee e Jack Kirby fundamentam a fonte de onde todo (bom) roteirista vem beber.

Loki
 Começa com Loki, deus da trapaça, encontrando Hulk, manipulando sua fúria para atacar a Terra e usar sua força para derrotar seu irmão Thor (ok, não é muito difícil deixá-lo furioso). O Golias Verde começa sua onda de destruição, mas antes que Thor tenha conhecimento, outros heróis partem para deter o gigante esmeralda. Surgem então Homem de ferro, Homem-formiga e Vespa para enfrentar a ameaça e levam uma surra, mesmo quando chega a ajuda do poderoso Thor. Tudo se resolve quando Thor toma conhecimento do envolvimento de seu irmão, então os heróis se unem para se vingar do vilão e fazer justiça.






Logo na primeira aventura encontramos o conceito que acabou tomando toda Marvel e quase todo grande encontro de super heróis, conhecido como "lutam depois se aliam": é praticamente como os heróis se "cumprimentam" ao se conhecerem.  Sempre tem um motivo, mesmo que seja um mal entendido, mas a verdade é que queremos ver os heróis se espancando só para saber quem vence a luta!

Nas primeiras aventuras também temos outro conceito inovador, a do "herói que vira vilão", e o resgate de heróis do passado. Começa com Namor, o príncipe submarino, criado por Bill Everett e resgatado por Lee e Kirby e transformado em vilão quando viu que seu reino submarino, a Atlântida, havia sido destruído por testes atômicos dos humanos. Inicialmente inimigo do Quarteto Fantástico, logo sua fúria contra humanidade o coloca contra os Vingadores, e é depois de uma luta entre eles que Namor, em um acesso de raiva e frustração por não ter destruído a humanidade (eu também fico furioso quando não consigo isso), ataca uma aldeia de esquimós e seu “ídolo de gelo”. Acontece que aquele ídolo era Capitão América congelado desde a Segunda Guerra e é encontrado pelos Vingadores, entrando assim pra equipe.



Não só o conceito de "herói vira vilão" foi difundido pelos Vingadores, mas também o de "vilão vira herói", que aconteceu quando os Vingadores começam a se dispersar. Hulk foi o primeiro Vingador a sair: Bruce Banner tinha dificuldades de conter o monstro. Capitão América tomou seu lugar, mas logo os outros membros fundadores também se mostravam cansados e preocupados com suas vidas pessoais. Alguns queriam até férias (vamos dar um desconto, eram os anos 60 e um tempo mais inocente pras HQs e nossos heróis precisam de férias mesmo). O Capitão América não quis deixar seus ideiais morrerem e recrutou novos integrantes para manter o sonho vivo, mas quem ele recrutou foram vilões regenerados: os mutantes Mercúrio e Feiticeira Escarlate (mais tarde descoberto que eram filhos de Magneto), e Gavião Arqueiro, inicialmente inimigo do Homem de Ferro. Vingadores,  que mesmo liderados pelo Capitão América, eram vistos com desconfiança pelas pessoas que protegiam, sendo chamadas até de “Quadrilha do capitão”.

Com essas alterações, o conceito de mudança de time se enraizou na equipe e a formação dos membros se alterou dezenas de vezes e continua até hoje transformando os Vingadores em algo maior que um super grupo, mas uma ideia que não pode ser morta.



Principais Arcos

Outras histórias através dos anos ajudaram a caracterizar o grupo, principalmente as sagas cósmicas, e as de maior importância são...

Guerra Kree-Skrull, escrita por Roy Thomas e desenhada por Neal Adams e Sal Buscema. A história narra a disputa milenar entre alienígenas que utilizam a Terra como palco para suas batalhas e como os Vingadores defendem a terra de dois mundos. Nessa saga temas complexos como xenofobia, preconceito, autoritarismo e política foram abordados, ao mesmo tempo em que mantinha a cota de ação e lutas fantásticas.
Skrulls

A saga de Thanos, na qual os Vingadores e outros heróis enfrentam o maior vilão cósmico com anseios de destruição a nível universal. Essa saga depois deu origem à saga do infinito.

Atos de Vingança, onde novamente Loki manipula todos principais vilões para destruir os Vingadores e seu irmão Thor.

Queda dos Vingadores, quando Feiticeira Escarlate surta com seus problemas mentais e com seus poderes de manipular a realidade, chegando a matar alguns colegas de equipe antes de ter um colapso. Os Vingadores renascem com novos membros, até entre os mais populares heróis da Marvel, como Homem-Aranha e Wolverine.

E mais recentemente, a Guerra Civil, onde a lei de registro de super-humanos coloca Capitão América e Homem de Ferro de lados opostos da lei, dividindo também os Vingadores que lutam entre eles. Essa série levanta a discussão dos limites das leis e até onde as pessoas vão para defendê-las.
Guerra Civil
E a impactante Invasão Skrull, onde esses alienígenas metamorfos se escondem na Terra e tomam a forma de muitas pessoas importantes ou que conhecemos, numa tática de invasão diferente do ataque frontal, criando um clima de paranoia e desconforto. Afinal, em quem você pode confiar se até seu melhor amigo pode ser um invasor?

Essas podem ser a histórias que mais caracterizam os Vingadores, mas na verdade ainda teria muito a ser dito, pois cada história acrescenta um novo ponto ou uma nova visão. Sei que deixei de mencionar sagas memoráveis e personagens importantes, mas o espaço é curto para o tamanho da importância dos Vingadores.

E para quem cresceu lendo essas aventuras ou os novos fãs que se divertem com as histórias sabem o que gritar quando o momento a aventura chama:

AVANTE VINGADORES!


1 comentários:

Postar um comentário